Senado

Indicados para STM dizem que gays nas Forças Armadas precisam “respeitar a dignidade da farda”

Durante sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o almirante Álvaro Luiz Pinto e o general Raymundo Nonato Cerqueira Filho, indicados para o Superior Tribunal Militar, se manifestaram sobre a admissão de homossexuais nas Formas Armadas. Em resposta ao senador Eduardo Suplicy (PT-SP), o almirante disse não ver problema, contanto que o “indivíduo mantenha a dignidade da farda”.

Manifestando opinião semelhante, o general Raymundo Nonato Cerqueira observou, no entanto, que as características da função militar não se ajustam aos homossexuais. Salientando que uma eventual decisão do Congresso a favor da admissão de homossexuais nas instituições militares terá que ser respeitada, o general disse que “está comprovado que homossexuais não conseguem comandar”.

Mais informações a seguir

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Indicados para STM dizem que gays nas Forças Armadas precisam “respeitar a dignidade da farda”. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2010. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/indicados-para-stm-dizem-que-gays-nas-forcas-armadas-precisam-respeitar-a-dignidade-da-farda/ Acesso em: 15 jul. 2024
Sair da versão mobile