MPF

UFPA atende recomendação do MPF e terá cota para deficientes em 2011

A Universidade Federal do Pará atendeu recomendação do Ministério Público Federal no Pará e vai criar cota de uma vaga para deficientes físicos em cada curso da instituição. A cota passará a vigorar no processo seletivo de 2011.

A recomendação do MPF foi enviada à UFPA no dia 22 de junho. No último dia 21 de julho, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade aprovou a resolução para acrescentar um vaga em cada curso reservada para portadores de deficiência.

A procuradora regional dos Direitos do Cidadão Ana Karízia Nogueira recebeu a comunicação sobre a reserva de vagas em ofício do reitor Carlos Maneschy. Com a decisão, a UFPA entra no rol das universidades brasileiras que prevêm vagas para deficientes: UFMA, UFPR e UFSE, por exemplo, já adotaram a política.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Pará
Fones: (91) 3299.0148 / (91) 3299.0177 / (91) 9999.8189 / (91) 8212.9526
Twitter: @MPF_PA

Fonte: MPF

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. UFPA atende recomendação do MPF e terá cota para deficientes em 2011. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/mpf/ufpa-atende-recomendacao-do-mpf-e-tera-cota-para-deficientes-em-2011/ Acesso em: 20 fev. 2024
Sair da versão mobile