Economia

Política Tributária – Fonte MF – Base: De Janeiro de 2003 até Junho de 2009

 

Receitas Tributárias saíram da média/mês de R$ 9,0 bilhões (7,31% do PIB) em 2002 para R$ 14,7 bilhões (7,57% do PIB) no período de janeiro de 2003 até junho de 2009. Crescimento nominal de 63,33%, e aumento real em relação ao PIB de 3,56’%.

 

Receitas de Contribuições saíram da média/mês de R$ 16,1 bilhões (13,07% do PIB) em 2002 para R$ 26,8 bilhões (13,83% do PIB) no período de janeiro de 2003 até junho de 2009. Crescimento nominal de 66,46%, e aumento real em relação ao PIB de 5,81%.

 

Receitas de Capitais saíram da média/mês de R$ 7,8 bilhões (6,33% do PIB) em 2002 para R$ 6,7 bilhões (3,47% do PIB) no período de janeiro de 2003 até junho de 2009. Queda nominal de 14,10%, e queda real em relação ao PIB de 45,18%.

 

Receitas Totais saíram da média/mês de R$ 36,4 bilhões (29,52% do PIB) em 2002 para R$ 54,8 bilhões (28,29% do PIB) no período de janeiro de 2003 até junho de 2009. Aumento nominal de 50,55%, e queda real em relação ao PIB de 4,17%.

 

 

Arquivos oficiais do governo estão disponíveis aos leitores.

 

 

* Ricardo Bergamini, economista, formado em 1974 pela Faculdade Candido Mendes no Rio de Janeiro, com cursos de extensão em Engenharia Econômica pela UFRJ, no período de 1974/1976, e MBA Executivo em Finanças pelo IBMEC/RJ, no período de1988/1989. Membro da área internacional do Lloyds Bank (Rio de Janeiro e Citibank (Nova York e Rio de Janeiro). Exerceu diversos cargos executivos, na área financeira em empresas como Cosigua – Nuclebrás – Multifrabril – IESA Desde de 1996 reside em Florianópolis onde atua como consultor de empresas e palestrante, assessorando empresas da região sul..  Site: http://paginas.terra.com.br/noticias/ricardobergamini

Como citar e referenciar este artigo:
BERGAMINI, Ricardo. Política Tributária – Fonte MF – Base: De Janeiro de 2003 até Junho de 2009. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/artigos/economia/politica-tributaria-fonte-mf-base-de-janeiro-de-2003-ate-junho-de-2009/ Acesso em: 20 fev. 2024
Sair da versão mobile