Câmara

Seminário discute impactos negativos do novo Código Florestal

A Frente Parlamentar Ambientalista e o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável realizam nesta terça-feira (28) o seminário “Código Florestal: o Que Diz a Ciência”.

O evento reunirá pesquisadores e cientistas para discutir os impactos negativos da proposta do novo Código Florestal. O projeto que altera o Código Florestal (PL 1876/99) foi aprovado na Câmara no ano passado. Como o Senado modificou o texto aprovado pelos deputados, o texto será votado novamente pela Câmara neste ano.

Confira as diferenças entre os textos da Câmara e do Senado.

Às 18 horas, será exibido o documentário “Toxic Amazônia”, dirigido por Bernardo Loyola e Felipe Milanez, sobre a investigação da morte dos ambientalistas José Claudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, ganhadores do prêmio da ONU Heróis da Floresta, assassinados em maio do ano passado, no Pará.

Também durante o evento, será encaminhada aos presentes uma petição pública em favor da imediata proteção de Laisa Sampaio, irmã de Maria do Espírito Santo e cunhada de José Cláudio, que vem recebendo ameaças de morte, da mesma forma como foram ameaçados sua irmã e seu cunhado, antes de efetivamente serem executados por causa de sua luta contra o desmatamento ilegal do assentamento onde viviam.

Perdas e ganhos
Na quarta-feira (29), a Frente Ambientalista promoverá café da manhã, às 8 horas, no 10º andar do anexo 4. Foram convidados o jornalista Leão Serva, que vai apresentar seu estudo “Perdas e Ganhos do Código Florestal”, e a doutora em Geografia pela Universidade de São Paulo Regina Celia Correa de Araújo, que vai falar sobre os custos socioambientais do agronegócio no Brasil.

Veja a programação completa do evento.

Fonte: Portal Câmara dos Deputados

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Seminário discute impactos negativos do novo Código Florestal. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2012. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/camara/seminario-discute-impactos-negativos-do-novo-codigo-florestal/ Acesso em: 21 mai. 2024