Colunas Gestão, Tecnologia e Qualidade para o Direito

A Importância do Feedback no Ambiente Jurídico: Além das Normas, a Construção de Carreiras

Olá, sou Gustavo Rocha, e atuo como consultor em gestão, tecnologia e marketing jurídico estratégico. Hoje, vamos conversar sobre um tópico que tem ganhado cada vez mais importância nos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos: o feedback.

O final de ano é um momento propício para reflexão e planejamento, tanto pessoal quanto profissional. No contexto dos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos, o feedback de final de ano assume um papel especialmente crucial. É a oportunidade de reunir-se com a equipe, analisar os sucessos e desafios do ano que se encerra e, mais importante, traçar um roteiro para o ano seguinte. Esse momento de análise coletiva torna-se uma ferramenta poderosa para alinhar expectativas, reconhecer os esforços individuais e coletivos, e identificar áreas que precisam de melhorias ou investimento.

Vamos lá, você já se perguntou como é possível melhorar em sua carreira sem um direcionamento claro? O feedback é uma ferramenta indispensável para o crescimento profissional e para a eficácia das equipes. E no ambiente jurídico, onde cada detalhe conta, a arte de dar e receber feedback se torna ainda mais crucial.

O Que é Feedback e Por Que é Importante?

Feedback não é apenas uma conversa casual entre duas partes. É um diálogo estruturado com o objetivo de avaliar o desempenho, realinhar expectativas e oferecer oportunidades para crescimento e melhoria contínua.

Feedback é mais do que uma avaliação ocasional. É um pilar para crescimento e ajustes, e vamos falar sobre isso através de cenários reais.

A grande importância do feedback reside no seu poder de transformação. Ele fornece insights diretos sobre como você está indo, o que está fazendo bem e, claro, onde pode melhorar. Isso é ouro puro quando estamos falando de carreira, não é mesmo?

Exemplo Prático: Imagine que você é um advogado júnior e acabou de fazer sua primeira apresentação para um cliente importante. Em vez de apenas ouvir um “bom trabalho”, seu supervisor detalha o que você fez bem e onde pode melhorar. Este feedback específico é uma base muito mais sólida para o seu desenvolvimento do que um simples tapinha nas costas.

Feedback nos Escritórios de Advocacia

Nos escritórios de advocacia, a cultura de feedback ainda está evoluindo. Tradicionalmente, o foco esteve mais em resultados do que em desenvolvimento pessoal e profissional. No entanto, os tempos estão mudando e os escritórios mais inovadores já estão inserindo estratégias de feedback em suas rotinas.

Plano de Carreira

Vamos começar com o plano de carreira. Aqui, o feedback serve como um mapa que ajuda a definir o trajeto de um advogado dentro do escritório. O que ele precisa para se tornar um associado? Ou para assumir um papel de liderança? Essas perguntas são respondidas e refinadas através de feedbacks contínuos.

Exemplo Prático: Em seu escritório, cada advogado tem uma revisão anual para discutir o que é necessário para subir de nível. Nessa reunião, são abordados tópicos como habilidades necessárias, metas alcançadas e pontos para melhoria, sempre com exemplos específicos e orientações claras.

Realinhamento de Fluxos

O feedback é igualmente crucial quando estamos falando de processos. Imagine uma equipe que sempre falha no cumprimento de prazos. Em vez de simplesmente apontar os erros, um feedback eficaz identifica os pontos fracos nos fluxos de trabalho e oferece soluções práticas para melhorá-los.

Exemplo Prático: O departamento de Compliance está enfrentando atrasos constantes na revisão de documentos. Após feedbacks de membros da equipe, você decide implementar um software que automatiza partes do processo, melhorando assim a eficiência e reduzindo os atrasos.

Inserção de Tecnologia

Quem melhor para fornecer informações sobre a implementação de novas tecnologias do que as pessoas que as utilizarão no dia a dia? Feedbacks regulares podem fornecer insights valiosos sobre a eficácia de tecnologias como softwares de gerenciamento de casos ou soluções de inteligência artificial.

Exemplo Prático: Antes de adquirir uma nova plataforma de IA para gestão de processos, a equipe faz um teste gratuito de um mês. Durante esse período, todos são encorajados a fornecer feedback sobre a usabilidade e eficiência da ferramenta. Esse feedback é crucial para decidir se a tecnologia é uma adição valiosa ou um investimento falho.

Momentos Práticos para o Feedback

Reuniões Semanais

Um espaço já conhecido para a prática do feedback são as reuniões semanais. Elas podem ser moldadas para se tornarem mais do que apenas um resumo das atividades, transformando-se em uma plataforma para o compartilhamento de feedbacks.

Exemplo Prático: Ao invés de uma lista monótona de atualizações de casos, cada reunião semanal termina com um “momento de feedback”, onde membros da equipe podem oferecer críticas construtivas e elogios sobre projetos recentes.

Avaliações de Desempenho

É comum em diversos setores e é uma oportunidade de ouro no setor jurídico. As avaliações de desempenho não devem ser apenas uma via de mão única; elas devem servir como um diálogo onde ambas as partes possam falar e ouvir.

Exemplo Prático: Durante as avaliações de desempenho, além do supervisor oferecer feedback, os advogados também têm a oportunidade de fornecer feedback ao escritório, sobre tópicos como cultura de trabalho, tecnologia disponível e oportunidades de treinamento.

Feedbacks Espontâneos

Nem sempre o feedback precisa ser um evento programado. Às vezes, um feedback casual, dado no momento certo, pode ter um impacto significativo.

Exemplo Prático: Um colega percebe que você está com dificuldade em usar um novo software de pesquisa jurídica. Em vez de ignorar, ele oferece orientações imediatas, o que não apenas resolve seu problema, mas também fortalece a cultura de aprendizado e ajuda mútua no escritório.

Enfim,

Como você pode ver, o feedback é mais do que apenas palavras; é uma estratégia integral para desenvolvimento e melhoria contínua. Adotar uma cultura de feedback aberto e honesto pode elevar seu escritório ou departamento a novos patamares de eficiência e satisfação no trabalho.

O fim de ano é tradicionalmente um momento para reflexão e planejamento, especialmente em ambientes profissionais como escritórios de advocacia e departamentos jurídicos. Com a chegada desse período, as conversas sobre desempenho e metas para o próximo ano tornam-se mais frequentes e estratégicas. O valor dessas conversas não é apenas retrospectivo; ele também estabelece a base para o sucesso futuro. É um contexto em que posso contribuir indiretamente, por meio de consultorias focadas na melhoria de processos e implementação de ferramentas que possam sistematizar e aprofundar esses diálogos.

O meu trabalho envolve a aplicação de métodos que auxiliam na coleta de informações qualitativas e quantitativas. Assim, o feedback pode ir além das percepções imediatas e incluir dados concretos, fornecendo uma base mais sólida para melhorias contínuas. Essa abordagem mais integrada pode não apenas enriquecer as conversas de fim de ano, mas também ajudar a cultivar uma cultura de feedback contínuo, fazendo com que cada integrante da equipe veja como sua contribuição se alinha com as metas globais do escritório ou departamento. O resultado é um ambiente de trabalho mais coeso e focado, preparado para enfrentar os desafios do ano novo que se aproxima.

Não apenas no final de ano, o feedback é uma ferramenta poderosa para o crescimento pessoal e profissional, e nos escritórios de advocacia, ele se torna ainda mais vital. Ele ajuda no realinhamento de fluxos, oferece direção para planos de carreira e facilita a implementação eficaz de tecnologia.

Portanto, se você quer estar à frente no jogo, adote uma cultura de feedback em seu escritório. Isso não só melhorará sua eficácia mas também contribuirá para um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

Até a próxima, e lembrem-se: feedback é a chave para o crescimento!

Como citar e referenciar este artigo:
ROCHA, Gustavo. A Importância do Feedback no Ambiente Jurídico: Além das Normas, a Construção de Carreiras. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2023. Disponível em: https://investidura.com.br/colunas/gestao-tecnologia-e-qualidade-para-o-direito/a-importancia-do-feedback-no-ambiente-juridico-alem-das-normas-a-construcao-de-carreiras/ Acesso em: 28 fev. 2024