Últimas Notícias

Fazenda ordena investigação de quebra de sigilo de ex-vice-presidente do Banco do Brasil

Wellton Máximo
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Fazenda ordenou que o Banco do Brasil (BB) investigue as acusações de quebra de sigilo de Allan Toledo, ex-vice-presidente da instituição financeira. Em nota oficial emitida agora à noite, o ministério informou que o banco instale sindicância para apurar o caso.

“Com base em informações divulgadas hoje na imprensa, o Ministério da Fazenda determinou que o Banco do Brasil instaure sindicância para apurar possível vazamento de sigilo bancário de ex-funcionário da instituição. A apuração será supervisionada pelo Conselho de Administração do BB, por meio da unidade de auditoria interna”, informou o comunicado.

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo, Toledo, que ocupava a vice-presidência de Atacado, Negócios Internacionais e Private Banking do banco até o fim do ano passado, recebeu cinco depósitos mensais no ano passado no valor total de R$ 953 mil. O dinheiro seria da aposentada Liu Mara Fosca Zerey e referente à venda de um imóvel em São Paulo. O jornal, no entanto, informou que a propriedade nunca chegou a ser vendida com base em registros da prefeitura da capital paulista.

A investigação, segundo a publicação, está sendo feita pelo próprio banco em parceria com a Polícia Federal e teve como origem relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão do Ministério da Fazenda que monitora movimentações financeiras suspeitas. Agora, o ministério determinou que outra sindicância apure se os extratos bancários do ex-executivo do BB foram violados.

 

Edição: Rivadavia Severo
 

Fonte: Agência Brasil – Economia

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Fazenda ordena investigação de quebra de sigilo de ex-vice-presidente do Banco do Brasil. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2012. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/ultimas-noticias/fazenda-ordena-investigacao-de-quebra-de-sigilo-de-ex-vice-presidente-do-banco-do-brasil/ Acesso em: 23 mai. 2024