STF

Programa Refrão destaca os crimes passionais cantados na letra de Ronda

Programa Refrão destaca os crimes passionais cantados na letra de Ronda

Uma mulher desconsolada pela falta do ser amado, e que, ao encontrá-lo num bar, resolve cometer um crime na Avenida São João (SP). Essa é a história contada na música Ronda, de Paulo Vanzolini, composta em 1945, e gravada pela primeira vez por Inezita Barroso, 8 anos depois. No programa "Refrão" desta semana, a canção é interpretada por Indiana Nomma.

Nascida em Honduras, ela veio para o Brasil aos 11 anos de idade. E desde o começo da carreira, já passeou por diversos ritmos musicais, entre eles jazz, black music e MPB. Ao interpretar Ronda, Indiana fala sobre os crimes passionais. Segundo ela, é preciso tomar cuidado com pessoas que agem movidas pela paixão. “Num certo momento, a vítima se assusta e não acredita que aquela pessoa que conviveu e que certamente participou de momentos muito importantes a dois, se revele um psicopata, um maluco que é capaz de fazer qualquer coisa”, diz.

Apesar da música ser da década de 40, o crime passional ainda é noticiado nos dias de hoje. Um dos mais recentes aconteceu em 2008, no interior de São Paulo. A jovem Eloá Pimentel, de 15 anos, ficou refém por 5 dias e depois foi assassinada pelo ex-namorado porque ele não aceitava o fim do relacionamento. Para Indiana, a pessoa que age com passionalidade tem distúrbio da auto-estima. “São pessoas inseguras, e para mim existe uma falta de busca interna. Hoje em dia você vê muita gente em consultórios, fazendo terapia para buscar soluções e olhar para dentro de si”, afirma.

Indiana revela ainda que já foi vítima de pessoas passionais, e alerta: é preciso ficar de olho nos sinais. “A passionalidade levada ao extremo é uma doença. Os sinais são claros. É só observar: quem tem rompantes, quem briga feio com o filho porque ele derrubou alguma coisa, ou com o garçom sem motivo, por exemplo. As brigas do casal – um tapa, um grito, todos esses sinais são dados, e tem que observar para não ter que chegar no limite”, conta.

Você não pode perder! O "Refrão" vai ao ar no domingo, às 20h, pela TV Justiça, e pode ser visto também no canal www.youtube.com/stf

"Refrão": um jeito diferente de escutar música!

 A TV Justiça apresenta versão inédita no domingo, às 20h, com reprises na terça-feira, às 18h, quarta-feira, às 13h30, e sábado, às 20h30.

Conheça a letra da música:

Ronda
Paulo Vanzolini

De noite eu rondo a cidade
A lhe procurar, sem encontrar
No meio de olhares espio
Em todos os bares
Você não está…

Volto prá casa abatida
Desencantada da vida
O sonho, alegria me dá
Nele você está…

Ah! Se eu tivesse
Quem bem me quisesse
Esse alguém me diria
Desiste, essa busca é inútil
Eu não desistia …

Porém com perfeita paciência
Volto a te buscar
Hei de encontrar
Bebendo com outras mulheres
Rolando dadinhos
Jogando bilhar…

E nesse dia então
Vai dar na primeira edição
Cena de sangue num bar
Da avenida São João…

 
Fonte: TV Justiça 

Fonte: STF

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Programa Refrão destaca os crimes passionais cantados na letra de Ronda. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/stf-noticias/programa-refrao-destaca-os-crimes-passionais-cantados-na-letra-de-ronda/ Acesso em: 14 jun. 2024