STF

Corte Suprema do Uruguai determina que consulado argentino no país indenize funcionários

Corte Suprema do Uruguai determina que consulado argentino no país indenize funcionários

No programa "Cortes Supremas" desta semana, as eleições do ano que vem no Brasil já vão colocar em prática a nova Lei da Reforma Eleitoral. Entre as principais mudanças está o uso da Internet em campanhas políticas. Já no Uruguai, a Corte Suprema determinou ao consulado argentino pagar indenizações trabalhistas a funcionários.

O programa da TV Justiça também mostra que a Segunda Sala Penal da Corte Suprema do Chile condenou ex-integrantes da Direção de Inteligência Nacional (Dina) criada durante a ditadura militar para prender, torturar e extrair informações de opositores ao regime de Augusto Pinochet. Já na Colômbia, o procurador-geral da Nação será investigado pela Corte Suprema do país por ter absolvido dois funcionários do governo, acusados de corrupção.

E ainda: na Venezuela, a exumação de dezenas de corpos de vítimas do episódio conhecido como Caracazo. A ação segue recomendação da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que condenou o estado venezuelano a identificar os mortos, indenizar os familiares das vítimas e punir os culpados. O Cortes Supremas também mostra que a solidariedade de organismos internacionais tem permitido que crianças, vítimas de desastres naturais, voltem às aulas.

O programa inédito vai ao ar nesta quarta-feira, às 21h. E pode ser assistido também no YouTube, no endereço eletrônico www.youtube.com/stf

Horários Alternativos: sexta-feira – 13h30 / sábado – 20h / segunda-feira – 0h

 
 Fonte: TV Justiça

 

Fonte: STF

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Corte Suprema do Uruguai determina que consulado argentino no país indenize funcionários. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/stf-noticias/corte-suprema-do-uruguai-determina-que-consulado-argentino-no-pais-indenize-funcionarios/ Acesso em: 22 jun. 2024