Senado

Suplicy reforça convite a juiz para debater desocupação de Pinheirinho

[senador Eduardo Suplicy]
Página Multimídia

Em pronunciamento nesta quarta-feira (20), o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) reiterou o convite ao juiz Rodrigo Capez, assessor da presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo, para que compareça à audiência pública marcada para as 9h desta quinta na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Na reunião, serão discutidas ações policiais para reintegração de posse de imóveis, como a realizada em janeiro na ocupação conhecida como Pinheirinho, em São José dos Campos (SP).

O parlamentar disse que, diante do que o juiz mencionou no artigo “Pinheirinho: ideologia e fatos”, publicado nesta quarta pelo jornal Folha de S. Paulo, é “importantíssimo” seu comparecimento à comissão para responder a perguntas dos senadores. Segundo o senador, que vem divulgando denúncias de violência por parte da PM em Pinheirinho, o juiz tenta “justificar o que é injustificável”.

Suplicy lembrou que Rodrigo Capez foi convidado para ir à CDH na última quinta-feira (23), mas alegou “compromissos inadiáveis” para não comparecer. O senador afirmou que pretende mostrar ao juiz as cenas de violência filmadas pelo cineasta José Padilha (homônimo do cineasta premiado) durante a desocupação da área de Pinheirinho.

O senador questionou ainda o valor estimado pelo juiz para a área desapropriada, de R$ 500 milhões. Ele disse que o advogado da massa falida da empresa dona do terreno estimou este valor em R$ 8,2 milhões em junho de 2007.

No mesmo pronunciamento, o senador pediu apoio ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 159/2011, de sua autoria, que institui o Dia Nacional das Doenças Raras, a ser celebrado no último dia de fevereiro.

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Suplicy reforça convite a juiz para debater desocupação de Pinheirinho. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2012. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/suplicy-reforca-convite-a-juiz-para-debater-desocupacao-de-pinheirinho/ Acesso em: 20 mai. 2024