Senado

Preocupação com opinião de candidatos à presidência do Uruguai sobre Mercosul

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), manifestou nesta segunda-feira (19), em Montevidéu, preocupação com as opiniões que os candidatos que disputam a Presidência do Uruguai nas eleições marcadas para o próximo domingo (25) têm sobre o Mercosul.

Segundo Azeredo, Juan Pedro Bordaberry defende a saída do Uruguai do Mercosul e pretende que o país faça um acordo bilateral com os Estados Unidos. Já José Mujica, da Frente Ampla, e Luís Alberto Lacalle, do Partido Nacional – que tenta voltar à Presidência do Uruguai – são críticos em relação ao bloco, conforme o presidente da CRE.

Para o senador, as opiniões dos candidatos constituem “uma preocupação a mais, porque o Mercosul já vive em crise”. Azeredo acrescentou que a Argentina já não respeita todas as normas do bloco e disse que o Mercosul vive um processo de adolescência. O presidente da CRE entende que a estabilidade do bloco não pode estar sujeita ao humor de quem é eleito.

Já o líder do PT e vice-presidente do Parlamento do Mercosul, senador Aloizio Mercadante (SP), afirmou que a objeção ao Mercosul é minoritária na sociedade uruguaia. Mercadante lembrou que um acordo bilateral com os Estados Unidos, defendido por Bordaberry, foi feito pelo México e este país acabou sendo fortemente prejudicado pela crise financeira que atingiu a economia norte-americana. Segundo o senador, já há setores no México que acham que o país deve buscar outra perspectiva.

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Preocupação com opinião de candidatos à presidência do Uruguai sobre Mercosul. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/preocupacao-com-opiniao-de-candidatos-a-presidencia-do-uruguai-sobre-mercosul/ Acesso em: 13 jun. 2024