STJ

STJ, AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 887.309 – RS, Relator Ministro João Otávio De Noronha , Julgado em 02/11/2008

—————————————————————-

AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 887.309 – RS

(2007/0077737-6)

RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA

AGRAVANTE : BRASIL TELECOM S/A

ADVOGADOS : EDUARDO SILVEIRA CLEMENTE E OUTRO(S)

LEANDRO VARGAS

AGRAVADO : ALCÍDIO BOECK

ADVOGADO : MANFREDO ERWINO MENSCH E OUTRO(S)

EMENTA

PROCESSUAL CIVIL. INTEMPESTIVIDADE DO RECURSO. DEMONSTRAÇÃO.

ÔNUS DA PARTE. JUNTADA DE PEÇAS POSTERIOR

À INTERPOSIÇÃO DO RECURSO. PRECLUSÃO.

1. Cabe à parte recorrente, sob pena de preclusão consumativa, juntar,

no ato de interposição do recurso, peça comprobatória de que não

houve expediente forense no último dia do prazo recursal.

2. Agravo regimental improvido.

ACÓRDÃO

___________________

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima
indicadas, acordam os Ministros da QUARTA TURMA do Superior
Tribunal de Justiça, por unanimidade, negar provimento ao agravo
regimental nos termos do voto do Sr. Ministro Relator. Os Srs. Ministros
Hélio Quaglia Barbosa, Massami Uyeda, Fernando Gonçalves
e Aldir Passarinho Junior votaram com o Sr. Ministro Relator.
Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Hélio Quaglia Barbosa.
Brasília, 18 de dezembro de 2007 (data do julgamento).

Como citar e referenciar este artigo:
JURISPRUDÊNCIAS,. STJ, AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 887.309 – RS, Relator Ministro João Otávio De Noronha , Julgado em 02/11/2008. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2010. Disponível em: https://investidura.com.br/jurisprudencias/stj/stj-agrg-no-agravo-de-instrumento-no-887-309-rs-relator-ministro-joao-otavio-de-noronha-julgado-em-02-11-2008/ Acesso em: 28 mai. 2024