STJ

STJ, AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 766.719 – SP, Relator Ministro Nilson Naves , Julgado em 02/11/2008

—————————————————————-

AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 766.719 – SP

(2006/0079191-2)

R E L ATO R : MINISTRO NILSON NAVES

AGRAVANTE : MARCO ANTÔNIO DO AMARAL FILHO

ADVOGADO : EDUARDO PAULO CSORDAS

INTERES. : MANOEL MAXIMILIANO JUNQUEIRA FILHO

EMENTA

Recurso especial (alegação de dissídio jurisprudencial). Divergência

(não-configuração).

1. Para que seja viável o recurso especial fundado na alínea c, é

necessário, além da juntada dos acórdãos tidos por paradigma, o

confronto pormenorizado, mencionando-se as circunstâncias que identifiquem

ou assemelhem os casos comparados.

2. No caso, não se indicou um único precedente dissidente.

3. Agravo regimental improvido.

ACÓRDÃO

___________________

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima
indicadas, acordam os Ministros da SEXTA TURMA do Superior
Tribunal de Justiça, por unanimidade, negar provimento ao agravo
regimental nos termos do voto do Sr. Ministro Relator. Os Srs. Ministros
Hamilton Carvalhido e Maria Thereza de Assis Moura votaram
com o Sr. Ministro Relator.
Ausentes, justificadamente, os Srs. Ministros Paulo Gallotti e Carlos
Fernando Mathias (Juiz convocado do TRF 1ª Região).
Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Nilson Naves.
Brasília, 31 de outubro de 2007 (data do julgamento).

Como citar e referenciar este artigo:
JURISPRUDÊNCIAS,. STJ, AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 766.719 – SP, Relator Ministro Nilson Naves , Julgado em 02/11/2008. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2010. Disponível em: https://investidura.com.br/jurisprudencias/stj/stj-agrg-no-agravo-de-instrumento-no-766-719-sp-relator-ministro-nilson-naves-julgado-em-02-11-2008/ Acesso em: 13 jun. 2024