Senado

Senadores concordam com investimento em tecnologia

[Foto: Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT)]

Os senadores que participaram nesta quarta-feira (9) da audiência pública com o general Augusto Heleno na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) concordaram com a necessidade de investimento no desenvolvimento de tecnologias próprias para a defesa do país.

– O Brasil não pode ficar refém de tecnologias de outros países – disse o presidente da comissão, senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), logo após a exposição de Heleno, que é chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

O senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) considerou o Congresso Nacional o “lugar certo” para debater a situação das Forças Armadas e lamentou que ainda existam recursos públicos retidos pelo governo – como os R$ 8 bilhões arrecadados pelo Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) – que poderiam ser usados em programas como o de desenvolvimento tecnológico do Exército.

O senador Flávio Torres (PDT-CE) elogiou a preocupação do Exército com a chamada pesquisa “dual”, ou seja, que permite alcançar resultados positivos tanto para a área militar como para a civil. Por sua vez, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) fez um apelo a favor da aprovação de projeto de sua autoria que proíbe o contingenciamento de verbas destinadas a programas de pesquisa das Forças Armadas.

O senador Gerson Camata (PMDB-ES) lembrou que tecnologias amplamente utilizadas hoje em todo o mundo, como a de posicionamento global por meio do GPS, estão sob controle dos Estados Unidos. O senador Cristovam Buarque (PDT-DF), por outro lado, demonstrou preocupação como nível educacional dos soldados brasileiros, em um momento no qual os soldados precisam operar aparelhos cada vez mais sofisticados.

Ao relatar viagem que fez ao Centro de Pesquisas da Marinha, em Aramar (SP), o senador Romeu Tuma (PTB-SP) defendeu a vinculação das pesquisas militares com a indústria civil. O senador Cícero Lucena (PSDB-PB) lamentou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha anunciado a intenção de comprar caças franceses Rafale antes da conclusão dos estudos técnicos da Força Aérea Brasileira. E o senador Gilberto Goellner (DEM-MT) defendeu a participação do Exército na defesa das áreas de conservação ambiental espalhadas pelo país.

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Senadores concordam com investimento em tecnologia. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/senadores-concordam-com-investimento-em-tecnologia/ Acesso em: 27 fev. 2024