Senado

Maioria dos internautas é favorável ao pagamento integral, pelo empregador, do benefício do vale-transporte

Encerrou-se na última sexta-feira (29) a enquete da Agência Senado e da Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública (Sepop) sobre o projeto de lei do Senado (PLS 228/09) que determina o custeio integral do benefício do vale-transporte pelo empregador, seja pessoa física ou jurídica. Dos 9.241 leitores que participaram da enquete, 4.745 (51,35%) manifestaram-se favoráveis ao projeto. Votaram contra a proposta 4.496 (48,65%) pessoas.

De acordo com a legislação atual, os trabalhadores têm descontado de seus salários o montante de 6% sobre o valor recebido a título de vale-transporte. A proposta prevê a extinção dessa obrigação de co-participação. O projeto é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) e recebeu parecer favorável da Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A relatoria ficou a cargo do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que argumenta que tal medida contribuirá para a preservação do meio ambiente, ao estimular a utilização do transporte público.

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Maioria dos internautas é favorável ao pagamento integral, pelo empregador, do benefício do vale-transporte. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2010. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/maioria-dos-internautas-e-favoravel-ao-pagamento-integral-pelo-empregador-do-beneficio-do-vale-transporte/ Acesso em: 13 jul. 2024