Aeroclube de SC recebe homenagem pelos 75 anos | Portal Jurídico Investidura - Direito

Aeroclube de SC recebe homenagem pelos 75 anos

Sessão especial da Assembleia Legislativa, realizada na noite desta quarta-feira (17), no Plenário Osni Régis, marcou a passagem dos 75 anos de fundação do Aeroclube de Santa Catarina Durante a sessão, foram homenageadas personalidades civis e militares que apoiam as atividades do aeroclube.
Para o deputado José Nei Ascari (PSD), propositor da homenagem, ?foi a paixão dos pioneiros que permitiu ao estado ter o seu aeroclube?. O parlamentar afirmou que a sessão especial foi a forma encontrada pelos deputados para ?reverenciar os fundadores, a direção e os membros do Aeroclube de Santa Catarina?.
Mario Augusto Capella Tavares falou em nome dos homenageados e lembrou que poucas instituições atingem 75 anos de atividades ininterruptas, ?permanecendo focada nos seus objetivos?. Segundo Capella, nessas sete décadas, as dificuldades não foram mais fortes que a vontade dos fundadores, continuadores e colaboradores que, ?a seu modo e dentro de suas possibilidades?, mantiveram o aeroclube em atividade.
No seu discurso, o homenageado comentou sobre a dificuldade de definir o prazer de voar. ?É preciso experimentar. É um sentimento único, extraordinário, uma sensação arrebatadora?.

Atas iniciais
O presidente do Aeroclube de Santa Catarina, Luiz Adauto Costa, declarou que a instituição preservou suas atas iniciais, bem como grande parte da documentação. Segundo Adauto, o Aeroclube foi fundado nas dependências do Clube 12 de Agosto, em 21 de setembro de 1937, e chamava-se ?Aeroclube Catarinense?. Somente em 1942 foi adotada a denominação ?Aeroclube de Santa Catarina?.
De acordo com a primeira ata, o tenente aviador Fernando Borges presidiu a reunião que escolheu Franklin Ganzo primeiro presidente do Aeroclube. Na ocasião, Borges anunciou que a chamada Base Aérea da Ressacada, ?cederia instrutores e material necessário ao funcionamento da escola?.
Somente em abril de 1938 o aeroclube ganhou o primeiro avião, doado pelo Ministério da Marinha, um biplano de fabricação inglesa. Em 1939 a escola recebeu um Muniz M7, a primeira aeronave produzida em série no Brasil. A terceira aeronave foi doada pelo Exercito, em 1939, um biplano norte americano. O quarto avião foi adquirido pelo Banco do Comercio, com sede no Rio de Janeiro, com a intermediação de Assis Chateaubriand, dono dos Diários Associados, que patrocinou a campanha nacional denominada "Asas para o Brasil", incentivando a organização de mais de 400 aeroclubes em todo país.

Escola de aviadores
O Aeroclube de Santa Catarina é principalmente uma escola de aviação civil. Atualmente oferece cursos de piloto privado, comercial, multimotor e voo por instrumento. ?Quem conclui o curso é um profissional da aviação, pode trabalhar em qualquer companhia aérea?, informou Capela, acrescentando que ex-alunos atuam inclusive no exterior. (Vitor Santos)

Os homenageados:

- Ari Milen da Silveira Filho
- Norton Candemil Pereira
- Capitão aviador Ricardo Felzcky, do Controle de Tráfego Aéreo
- Mario Augusto Capella Tavares
- Tenente coronel PM Abelardo Camilo Bridi
- Capitão-de-fragata Luís Filipe Rabello Freire
- Major André Bueno Machado, representando o general-de-brigada Décio dos Santos Brasil, comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada
- Coronel aviador Claus Kilian Hardt, comandante da Base Aérea de Florianópolis
- Adroaldo Pedro Cassol


Fonte: AL/SC
Seção: Notícias
Categoria: MP/SC

Como referenciar este conteúdo

NOTíCIAS,. Aeroclube de SC recebe homenagem pelos 75 anos. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 22 Out. 2012. Disponível em: investidura.com.br/noticias/343-mpsc/275754-aeroclube-de-sc-recebe-homenagem-pelos-75-anos. Acesso em: 15 Ago. 2020

 

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO