Petty e Quesnay - Fisiocratas | Portal Jurídico Investidura - Direito

Petty e Quesnay - Fisiocratas

PETTY

Propostas para Duque Ormond vice-rei irlandês

 

Exército forte capaz de manter paz interna, externa e coleta de pesados impostos.

Unificações paroquiais para evangelização

 O excedente não necessariamente vantajoso

Emprego dos ociosos em obras públicas

Compreensão da natureza e comportamento do dinheiro no mercado

Aproveitamento sustentável da terra

 Contra a acumulação excessiva e monopolizada de bens como no caso do vice-rei

Zelo pelo interesse inglês na Irlanda, defendendo a ocupação da região pelos ingleses.

 Poder real soberano

 

Dos encargos públicos

1º Militar: defesa da paz interna e externa

 

2º Sustento dos governos, chefes e subordinados associados à prática e pensamento político em alto grau de riqueza e esplendor.

Existência de cargos secundários (xerife, juiz fabricante) para os quais a honra de receber confiança é recompensa apropriada.

 

3º Pastoreio das almas, evangelização. Os trabalhadores do ramo também devem ser bem remunerados para seduzir pela recompensa

 

4º Escolas e universidades: Leitura, escrita e aritmética que são de utilidade geral.

 

5º Sustentar os órfãos, desempregados, pobres velhos e deficientes.

 

6º Obras públicas: pontes, estradas, aquedutos.

 

 

Dos motivos políticos que levam a guerra civil

 

Aversão pelo pagamento dos cargos públicos através de imposto devido a: crença na não necessidade de alguns cargos, corrupção, desproporcionalidade renda / imposto.

 

 Essas aversões podem a uma guerra interna, por isso devem ser controladas, com a tentativa de déficit mínimo e pelo estabelecimento de exército forte.

 

Utilização infundada e desproporcional do poder por parte do estado, a crença de que a ausência de leis pode resolver momentaneamente os problemas políticos, a impaciência social diante de reformas políticas, desigualdade social, e inchaço nos órgãos públicos.

 

 

Das Medidas Cabíveis

Renovação político-jurídica

 

Permissão de apropriação de excedentes

 

Maior organização e estruturação social para menor déficit público.

 

 Menor investimento nos 4 primeiros encargos e maior nos últimos 2.

 

 

Das penalidades

 

Defesa da morte e mutilação em casos excepcionais, quando julgados necessários.

 

Crime jurídico alinhado com crime divino

 

Preferência pela punição sob forma de multa ou castigos temporários que não interfiram nos direitos fundamentais do individuo como vida e integridade física.

 

 

QUESNAY

 

“Quando a agricultura prospera, todas as outras artes florescem com ela, mas quando se abandona o cultivo da terra, por qualquer razão que seja, todos os outros trabalhos, em terra ou mar, desaparecem ao mesmo tempo”.

 

Presença de três classes sociais: produtiva, proprietários, estéril.

 

Classe produtiva: refere-se a todo trabalho agrícola, que produz toda a riqueza nacional

 

Proprietários: Soberano, possuidores de terra e dizimeiros. São sustentados pela primeira classe, e a reprodução da atividade agrícola os mantém nesse infindável ciclo de exploração.

 

Estéril: toda a espécie de trabalho desvinculado da agricultura

 

 


 

Como referenciar este conteúdo

HOFFMANN, Gustavo. Petty e Quesnay - Fisiocratas. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 09 Mai. 2011. Disponível em: www.investidura.com.br/biblioteca-juridica/resumos/economia-politica/184356-petty-e-quesnay-fisiocratas. Acesso em: 20 Jul. 2019

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO