Esta matéria contém recursos multimídia" />
Senado

Para Casagrande, Brasil deve exercer papel de liderança na reconstrução do Haiti Esta matéria contém recursos multimídia

Página Multimídia

[Foto: senador Renato Casagrande]

O Brasil deve exercer papel de liderança na reconstrução do Haiti, após o terremoto que atingiu país, disse nesta quinta-feira (4) o senador Renato Casagrande (PSB-ES). O parlamentar ressaltou, em discurso no Plenário, que o Brasil lidera a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) do país caribenho desde 2004, tendo, portanto, maior responsabilidade militar e diplomática na oferta de ajuda humanitária neste momento, devendo, também, liderar esforços de cooperação por parte de outros países.

Casagrande ressaltou que o trabalho de reconstrução representa um desafio de grandes proporções, lembrando que, além da destruição das cidades, milhares de famílias foram desagregadas, falta comida, água e energia, há desemprego e violência cresce. Somado a tudo isso, disse o senador, surge a possibilidade de tráfico de crianças.

– Diante de todo esse caos, a responsabilidade do Brasil aumenta, até porque o país vem se tornando um líder internacional. É preciso criar uma estratégia de reconstrução que dê emprego à população e condições mínimas de sobrevivência e, também, controlar os abusos – disse.

Casagrande ressaltou o trabalho realizado pelos militares brasileiros no Haiti e a tradição de ajuda humanitária das Forças Armadas, e lamentou a morte, em consequência do terremoto, de 18 militares brasileiros em missão no país, da médica brasileira Zilda Arns, e do chefe-adjunto da missão da ONU no Haiti, o brasileiro Luiz Carlos da Costa.

Fonte: Senado

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. Para Casagrande, Brasil deve exercer papel de liderança na reconstrução do Haiti Esta matéria contém recursos multimídia. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2010. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/senado/para-casagrande-brasil-deve-exercer-papel-de-lideranca-na-reconstrucao-do-haiti/ Acesso em: 22 jun. 2024