MPF

MPF/GO e outros órgãos explicam problemas no Zoológico de Goiânia

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO), o Ibama, a Universidade Federal de Goiás, a Agência Municipal de Meio Ambiente, a direção do Zoológico de Goiânia, a Guarda Municipal, o Conselho Regional de Medicina Veterinária concederam no fim da tarde de ontem, 3 de setembro, coletiva à imprensa para falar sobre a “crise” no Zoológico de Goiânia.

Há mais de um mês fechado, o parque é palco de 69 mortes de animais só neste ano. Informações divulgadas na imprensa apontavam um surto de tuberculose como possível causa dos óbitos. Na coletiva, a universidade descartou essa possibilidade ao menos nos animais nos quais realizou os exames, em uma girafa e em um bisão.

O MPF pretende em breve celebrar um termo de ajustamento de conduta (TAC) para resolver a questão do zoológico. Para isso, estudos e vistorias estão sendo feitos para que o bem-estar e a segurança dos animais e da população sejam garantidos.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República em Goiás
62 – 3243 5454 ou 5266
ascom@prgo.mpf.gov.br

 

Fonte: MPF

Como citar e referenciar este artigo:
NOTÍCIAS,. MPF/GO e outros órgãos explicam problemas no Zoológico de Goiânia. Florianópolis: Portal Jurídico Investidura, 2009. Disponível em: https://investidura.com.br/noticias/mpf/mpf-go-e-outros-orgaos-explicam-problemas-no-zoologico-de-goiania/ Acesso em: 26 mai. 2024