TAM JJ3054 Justiça marca audiência de julgamento de denunciados por acidente aéreo que matou 199 pessoas em Congonhas em 2

TAM JJ3054 Justiça marca audiência de julgamento de denunciados por acidente aéreo que matou 199 pessoas em Congonhas em 2007

A Justiça Federal em São Paulo marcou para agosto de 2013 audiência de instrução e julgamento dos denunciados como responsáveis pelo acidente aéreo com um avião da TAM que resultou na morte de 199 pessoas em julho de 2007, no Aeroporto de Congonhas.

Serão julgados a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Maria Ayres Abreu; o vice-presidente de Operações da TAM, Alberto Fajerman; e o diretor de segurança de voo da companhia, Marco Aurélio dos Santos de Miranda e Castro. Eles foram denunciados pelo Ministério Público Federal em São Paulo em julho de 2011 e respondem pelo crime de “atentado contra a segurança de transporte aéreo”, na modalidade culposa.

Em seu despacho de designação da audiência de instrução com oitiva de testemunhas, datado de 26 de novembro último, o juiz federal da 8ª Vara Federal Criminal de São Paulo responsável pelo julgamento indicou que a sentença poderá ser proferida na ocasião.

A denúncia do MPF, de autoria do procurador da República Rodrigo de Grandis, foi recebida pela Justiça em julho de 2011, logo após o ajuizamento. Na ocasião, a Justiça Federal avaliou que a peça acusatória “obedece aos requisitos previstos no artigo 41 do Código de Processo Penal, porquanto contém a descrição circunstanciada dos fatos, a qualificação dos acusados e a classificação do crime”.

Em seguida, os réus foram intimados a apresentar defesa prévia. De acordo com o Código de Processo Penal, nessa fase do processo e a partir da análise das defesas prévias, a Justiça poderia absolver sumariamente os acusados caso estivesse convencida de que não houve crime.

Mas não foi esse o entendimento do juiz. De acordo com ele, ainda em seu despacho, “as alegações contidas nas respostas à acusação são incapazes de ensejar as absolvições sumárias dos acusados, eis que demandam dilação probatória, e porquanto não existem nos autos provas das hipóteses indicadas no artigo 397 do Código de Processo Penal, razão pela qual determino o regular prosseguimento do feito.”


Notícias relacionadas:

12/07/11 – TAM JJ3054 - MPF denuncia três por atentado contra segurança no transporte aéreo em acidente que matou 199 pessoas em Congonhas

 

Assessoria de Comunicação

Procuradoria da República no Estado de S. Paulo
Mais informações à imprensa: Fred Ferreira e Gabriela Rölke
11-3269-5068
[email protected]
www.twitter.com/mpf_sp



Fonte: MPF/SP
Seção: Notícias
Categoria: MPF/SP

Como referenciar este conteúdo

NOTíCIAS,. TAM JJ3054 Justiça marca audiência de julgamento de denunciados por acidente aéreo que matou 199 pessoas em Congonhas em 2007. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 04 Dez. 2012. Disponível em: investidura.com.br/noticias/335-mpfsp/280734--tam-jj3054--justica-marca-audiencia-de-julgamento-de-denunciados-por-acidente-aereo-que-matou-199-pessoas-em-congonhas-em-2007. Acesso em: 02 Mar. 2021

 

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO