TRF4, 00002 APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 2004.70.09.003060-2/PR, Relator Des. Federal Joel Ilan Paciornik , Julgado

TRF4, 00002 APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 2004.70.09.003060-2/PR, Relator Des. Federal Joel Ilan Paciornik , Julgado em 02/12/2008


----------------------------------------------------------------

00002 APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 2004.70.09.003060-2/PR
RELATOR : Des. Federal JOEL ILAN PACIORNIK
APELANTE : METALURGICA THOR LTDA/
ADVOGADO : Mauro Czelusniak
APELADO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
ADVOGADO : Milton Drumond Carvalho
EMENTA
TRIBUTÁRIO. TRANSFERÊNCIA DOS DÉBITOS DO REFIS PARA O PAES. CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS
DESCONTADAS DOS EMPREGADOS. POSSIBILIDADE. LEIS Nº 9.964/2000, 10.666 E 10.684/2003.
1. Ainda que o art. 5º da Lei nº 10.684/2003 impeça novo parcelamento de contribuições descontadas dos empregados, não acarreta
a invalidade dos pactos realizados anteriormente. Prova disso é que o art. 2º da Lei, que possibilita a transferência do saldo devedor
do REFIS para o parcelamento especial, não faz qualquer ressalva em relação às contribuições devidas pelos segurados.
2. O parcelamento especial abrange tanto os débitos da SRF e da PGFN, quanto os do INSS, não oferecendo tratamento jurídico
diferenciado ao permitir a transferência dos débitos incluídos no REFIS. O fato de serem administrados por órgãos distintos, no
âmbito do PAES, não respalda a premissa de que o art. 2º da Lei nº 10.684/2003 regula apenas a migração das dívidas oriundas da
SRF e PGFN anteriormente incluídas no REFIS, nem a conclusão de que as contribuições descontadas dos empregados, já
parceladas, por não estarem abrangidas pela normatividade do art. 2º, exigiriam expressa autorização legal. Tal raciocínio restringe o
alcance desse dispositivo, vislumbrando lacuna inexistente na lei.
3. Opera-se a eficácia do art. 9º da Lei nº 10.684/2003 somente quanto ao parcelamento das contribuições previdenciárias
descontadas dos empregados que for transferido do REFIS.
ACÓRDÃO

___________________


Vistos e relatados estes autos em que são partes as acima indicadas, decide a Egrégia 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, por maioria, vencido o Desembargador Federal Vilson Darós, dar provimento ao apelo, nos termos do relatório, votos e notas taquigráficas que ficam fazendo parte integrante do presente julgado. Porto Alegre, 17 de dezembro de 2007.


Como referenciar este conteúdo

JURISPRUDêNCIAS,. TRF4, 00002 APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 2004.70.09.003060-2/PR, Relator Des. Federal Joel Ilan Paciornik , Julgado em 02/12/2008. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 06 Mar. 2010. Disponível em: investidura.com.br/biblioteca-juridica/jurisprudencia/266-trf4/151295-trf4--00002-apelacao-em-mandado-de-seguranca-nº-2004-70-09-003060-2-pr--relator-des--federal-joel-ilan-paciornik---julgado-em-02-12-2008. Acesso em: 21 Out. 2020

 

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO