Vale mencionar | Portal Jurídico Investidura - Direito

Vale mencionar

 

Mais uma para a série "Breguices Jurídicas", porque não basta peticionar corretamente - tem que ser com classe e estilo, mesmo que esse estilo seja usar chinelo de dedos com meia social.


Essa veio de um processo onde os diretores de uma empresa de obras estavam sendo investigados por fraude e desvio de verbas públicas:


"É de ser trazido à baila, neste comenos, que, em sessão realizada no dia xx de yy de zzzz, o Conselho administrativo do DER/SC aprovou [...]"


Eu tenho um certo problema com cacofonias, do tipo "eu vi ela" ou mesmo "na boca dela". De fato são agressivos aos ouvidos, mas somente isso. Não há erros neles além do que você pode interpretar erroneamente.


Agora, "comenos", juro que parece a minha sobrinha dizendo que "olha! O vô tá comenos cabelo!". Comenos... comais... essa vai pra mesma classe do "contigo", "sem tigo".


Mas tudo bem, essa foi leve. O problema é que eu fiquei o resto do dia com "Dominó" na cabeça, um garotão me dizendo pra mexer o meu umbigo...
"Baila baila comigo, baila baila mi amor..."


Lembrar dessas músicas EXCELENTES no meio do expediente e do lado de uma magistrada sempre traz uma boa impressão.

 


 

Como referenciar este conteúdo

BELLI, Marcel. Vale mencionar . Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 25 Jun. 2010. Disponível em: investidura.com.br/biblioteca-juridica/colunas/diario-de-estagiario/164520-vale-mencionar-. Acesso em: 16 Jul. 2019

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO